Soli Deo Gloria

15-06-2011 23:26

“Porque dele e por meio dele e para ele são todas as cousas. A ele, pois, a glória
eternamente. Amém” Romanos 11:36
Somente para Deus a glória, e unicamente para Ele. A Igreja existe para a demonstração
deste valor: o valor que Ele tem. Não a respeito de nós, ou o que nós buscamos
ter, mas sim exclusivamente a Ele, de modo que os hinos e cânticos girem em torno da
pessoa e dos atributos de Deus. A mensagem não deve ser antropocêntrica (o homem
como o centro) e sim Cristocentrica (Cristo como o centro).
Somente para Deus a glória, e unicamente para Ele. Este o fim principal da nossa
existência: a glória de Deus. Glorificar a Deus é tão somente reconhecer a atribuir a Ele
todas as perfeições dEle. Somente na pessoa dEle termos o nosso gozo.
Somente para Deus a glória, e unicamente para Ele, sendo Ele a fonte (Porque
dele) o mantenedor (por meio dele), e o alvo (para ele são todas as coisas) de tudo isso.
Sendo assim, a vida dentro e fora da igreja vem dEle. Se obtermos dEle o que necessitamos,
sermos mantidos por Ele e com o fim de para Ele fazermos todas coisas.
Como inicia o Catecismo Maior de Westminster diz: Qual é o fim supremo e principal
do homem? Resposta. O fim supremo e principal do homem e glorificar a Deus e
gozá-lo para sempre. (Rom. 11:36; 1 Cor. 10:31; Sal. 73:24-26; João 17:22-24).
Auto-exame:
1) As músicas que você canta a Deus giram em torno dEle ou de outras coisas? E
as pregações, orações, conversas, etc?
2) Você cobra de si atitudes de um modo tal que é como se você fosse o meio para
que algo acontecesse e que tudo estivesse em suas mãos?
3) Você tem buscado sua alegria em Deus, em Seu louvor, em todas as áreas da
sua vida?

www.VoltemosAoEvangelho.com