Sola Gratia

15-06-2011 23:33

“Então lhe disse Davi: Não temas, porque usarei de bondade para contigo, por
amor de Jônatas, teu pai, e te restituirei todas as terras de Saul, teu pai, e tu comerás pão
sempre à minha mesa. Então se inclinou, e disse: Quem é teu servo, para teres olhado
para um cão morto tal como eu?” 2 Samuel 9:7-8
Somente pela graça, e unicamente por ela, é que somos abençoados por Deus.
A graça é o favor imerecido de Deus às suas criaturas. Tal como Davi favorecendo Mefibosete
por amor a Jonatas, assim também nós somos alvos do favor de Deus por causa
do amor de Deus Pai à Deus Filho.
Assim como Mefibosete se viu indigno do favor do Rei “Quem é o teu servo, para
teres olhado para um cão morto tal como eu?”, assim também nós devemos nos prostrar
em face à maravilhosa graça do Senhor em nos estender o seu favor na pessoa de
Cristo. Não temos o direito de estar diante de Deus, mas, unicamente pela Graça, temos
o privilégio de estarmos na presença dEle. Somos como um cão morto diante de Deus,
somente pela Sua infinita Graça é que somos aceitos diante dEle em Cristo.
A graça exalta a Deus e humilha o pecador. Aqueles que a si mesmo tem se considerado
um cão morto têm entendido o real significado da graça de Deus. Hoje onde
ouvimos “eu determino”, “eu declaro”, “eu isso”, “eu aquilo”, tais pessoas nada sabem de
Deus e muito menos da Sua graça, pois se acham dignos e merecedores das coisas que
estão reivindicando diante de Deus.
Auto-exame:

1) Você entra na presença de Deus humilde e confiadamente como um cão dependendo
exclusivamente da graça dele ou entra ousada e tolamente como uma pessoa
não-convidada na corte real?

2) você reconhece que: (1) o ar que você respirou agora e todo funcionamento
biológico correto ou não do seu corpo, (2) todas suas posses ou ausência de posses, (3)
todos seus relacionamentos bons ou ruins, (4) e, principalmente, toda sua salvação, incluindo,
sua fé, suas boas obras, seu novo coração, sua perseverança na fé, sua santificação e,
no final, sua glorificação vem exclusivamente pela graça? E se é pela graça, você não tem
o direito de se gloriar por nada? Você entende que se você crê em Cristo hoje e é salvo
isso é por conta da graça de Deus e não nada de bom que haja em você (porque não há
nada de bom em sua carne)?

3) Você compreende que quando você reclama ou murmura você está insinuando
que a graça de Deus não te é suficiente?

 

www.VoltemosAoEvangelho.com