Seicho-No-Iê e o CULTO PERPÉTUO

16-01-2011 15:22

Cristãos são criticados por darem dízimo e ofertas: mas e o Culto Perpétuo?


CULTO PERPÉTUO: UM PRESENTE DE VALOR ETERNO

Existe uma prática no Seicho-No-Iê que se intitula culto perpétuo. Trata-se de uma espécie de oferenda realizada a pessoas que já morreram, bem como para quem está vivo. Por meio dessa modalidade de culto, a alma beneficiada recebe uma sutra sagrada especial com seu nome inscrito, que funciona como uma espécie de tabuleta memorial, através da qual recebe nos 365 dias do ano, cinco vezes ao dia, a oração com as palavras de Luz, no Santuário Hoozo, eternamente. Isso significa, para essas almas, um fluxo diário de intensa Luz, que elas recebem no plano espiritual, e lhes proporciona infalivelmente a salvação, através da conscientização plena das palavras da Verdade. Com certeza, isso representa mais que um presente que elas poderiam receber ainda mais ad eternum, representando a garantia de um destino feliz e duradouro, transcendendo as gerações.

Relatos de graças

As almas que recebem o Culto Perpétuo são amparadas por essa proteção espiritual de Luz e passam a viver no plano espiritual uma vida abençoada de muita Luz, e manifestam o desejo de retribuir esse presente maravilhoso que receberam de um ente querido. Assim, as pessoas que, com amor, oferecem o Culto Perpétuo a algum ente querido, passam também a receber um fluxo de graça abundante em seu cotidiano.

Certa dirigente da Seicho-No-Ie da Bahia recebeu orientação para que fizesse Culto Perpétuo para seu pai, cujo túmulo havia sido removido. Ela providenciou imediatamente o Culto Perpétuo para ele, além de oferecer leitura de sutra sagrada a seus antepassados.

Não havia se passado uma semana quando a advogada dela ligou comunicando-lhe que o processo trabalhista que ela movia em conjunto com outras pessoas havia 17 anos finalmente tinha sido julgado e, como por milagre, somente ela havia ganho a causa. Ela ficou tão contente que resolveu colocar a mãe também no Culto Perpétuo. Antes que completasse 30 dias, recebeu uma carta informando que a restituição do Imposto de Renda já estava depositada na sua conta. Também, uma irmã a quem havia emprestado um dinheiro veio devolver-lhe, e fez questão que ela o recebesse. Foi aí, então, que ela sentiu que a sua mãe também estava grata pelo precioso presente, o Culto Perpétuo. Assim como esse, vários relatos muito interessantes chegam constantemente ao nosso conhecimento.

Orações também para pessoas vivas

O Culto Perpétuo pode também ser feito para pessoas vivas. Nesse caso, a sutra sagrada especial fica temporariamente depositada na arca da Sede Central e recebe diariamente várias orações. Por isso, mesmo as pessoas que fazem ou as que recebem de outras pessoas têm seu destino corrigido, iluminado pelas palavras da Verdade. Vários também são os relatos de pessoas que fizeram Culto Perpétuo para pessoas vivas. Uma senhora estava doente, com manchas em seus pulmões. Ela fez o Culto Perpétuo, e essas manchas desapareceram, como por encanto.

Agora preste atenção:........... É PAGO!

Onde fazer a inscrição?

As pessoas interessadas em fazer a inscrição poderão fazê-la em sua própria Regional, ou também nas academias da Seicho-No-Ie. O valor de contribuição é de R$ 1.000,00 à vista, ou em 10 parcelas de R$ 130,00, totalizando R$ 1.300,00. Sobre outra forma de contribuição, consulte o encarregado do Culto Perpétuo na sua regional. Observe que é uma bagatela de R$ 1000,00 e ainda pode-se parcelar. Como isso não é divulgado? Já observaram que para falar de dízimos e ofertas todos sabem e aproveitam para falar mal. Mas quem de vós que estão lendo esta matéria sabiam disso? Imagina se você tivesse que fazer 3 cultos perpétuos por mês! Você iria à falência.

A Bíblia diz: “Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.” (Mateus 10:8).

Olha esse outro interessante texto:

Dízimo, recurso para a Missão.

Refletindo sobre o Dízimo, podemos afirmar que todo dizimista é um MISSIONÁRIO do PLANO DE DEUS, porque contribui para a MISSÃO para que haja mais VIDA. O meu DÍZIMO ajuda a minha paróquia e deve ajudar os necessitados de meu bairro, as paróquias irmãs, a formação de novos padres, a nossa Região, nossa Arquidiocese, o continente a que pertencemos e a IGREJA NO MUNDO.

Se não posso, meu dízimo faz por mim. Tudo isto ocorre por meio da PARTILHA entre toda a Igreja, desde o DIZIMISTA até o PAPA. Desta forma, estamos sendo MISSIONÁRIOS em todos os rincões da Terra, aonde chega nosso dizimo. Graças a nossa PARTILHA, o MILAGRE acontece pela GRAÇA DIVINA. Seja DIZIMISTA. Promova a VIDA participando da MISSÃO da Igreja: tornar o MUNDO mais JUSTO e mais FRATERNO. A sua Comunidade o espera com carinho. DEUS o ABENÇOE e toda sua família.

Sabe de onde saiu este texto? Pois bem, veja você mesmo:

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO

Isso mesmo, na Igreja Católica. Será então que somente os evangélicos são quem pedem dízimo e ofertas? Será que não são moderados demais, se comparados aos exemplos anteriores? Que haja maior reflexão e conhecimento bíblico, antes mesmo de emitirmos opiniões sobre aquilo que desconhecemos. Principalmente das coisas sagradas, pois à Palavra de Deus disse que haveremos de dar conta de toda palavra frívola dita por nós.

SE VOCÊ É UM CRISTÃO AUTÊNTICO, SAIBA PORQUE VOCÊ DEVE DAR O DÍZIMO E OFERTAS

 

O Pr. Áureo Ribeiro pós-graduado em Supervisão Escolar pela UFRJ e Mestre em Ciências Militares, na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. É Diretor de Recursos Humanos do Centro Apologético Cristão de Pesquisas.