Pai da Verdade X Pai da Mentira

15-12-2010 18:00

"Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira." - João 8:44.


Em muitos países o dia 1º de Abril é conhecido como o dia da mentira. (Em alguns países de língua inglesa este dia é conhecido como "April Fool's Day", o dia dos tolos).

Talvez esta seja uma boa oportunidade para refletirmos sobre a presença de mentiras em nossa vida. Quando usamos a expressão "mentira" logo nos vêm à mente uma declaração falsa, algo que falamos ou comunicamos de alguma forma e que não corresponde à verdade. A mentira não consiste apenas da transmissão de informações falsas. Toda vez que exageramos na representação dos fatos estamos mentindo. Muitas vezes a mentira está no silêncio - quando a verdade precisa ser dita, mas é escondida. Podemos mentir na ação e na omissão. No falar e num olhar.

A vida do cristão deve se caracterizar pela verdade. A verdade não tem hora, nem lugar. Nem sempre os benefícios da verdade estão no curto prazo, pelo contrário, falar a verdade pode nos trazer prejuízos imediatos quando uma pequena mentira ou omissão da verdade nos traria lucro.

Todos os filhos do Diabo mentem. Quando mentimos isso significa que o inimigo ainda tem parte em nossa vida.

Hoje é dia de olharmos para aquele que disse "Eu sou o caminho, a verdade e a vida". Jesus é a verdade. Temos que falar sobre ele, refletir sobre sua vida e caráter. Orar ao Pai para que envie sobre nós o Espírito da Verdade. Deste modo poderemos ser chamados filhos de Deus.