DUVIDAR É PECADO?

19-04-2011 18:21

“Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida… nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”

(Romanos 8:38-39)

Será que nada mesmo pode nos separar do amor de Deus? Você já teve dúvidas quanto à sua salvação? Então preste atenção à seguinte experiência de um cristão chamado Donald Ross:

“Eu já era salvo há alguns anos. Certo dia alguém me perguntou: ‘Senhor Ross, o senhor já duvidou da sua salvação? Alguma vez já pensou que pode ter cometido um erro ao afirmar que é salvo para sempre?’ Foi espantoso o fato daquela pessoa me perguntar isso. No dia anterior, quando estava a caminho de uma reunião onde eu iria pregar, tive o mesmo sentimento. Foi como se uma voz me dissesse: ‘Donald Ross, você é um hipócrita! Você não é salvo coisa nenhuma!’ Chocado, comecei a me questionar: ‘Será que isso é verdade? Depois de pregar Cristo a outros por tantos anos, será que eu mesmo não sou salvo?’ Mas logo pude exclamar: ‘Senhor, eu te agradeço. Eu realmente sou redimido. Tu morrestes na cruz pelos hipócritas também! Tu recebes a todos como estão’…” Aquele homem percebeu que a “voz” que estava ouvindo não provinha de Deus, mas sim do diabo. Tais dúvidas jamais vêm de Deus!

Essa experiência serve para encorajar todos os que já confessaram seus pecados a Deus, porém ainda lutam com dúvidas quanto à fé. Duvidar não é pecado, desde que você se aproxime de Deus para esclarecer suas dúvidas. Os questionamentos que nos afastam do Senhor e de Seu amor não vêm de Deus e, portanto, são armadilhas. Fique atento às vozes em sua mente e saiba que o “Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade” (João 16:13). Agora se você agir duvidando, sem fé, aí sim seria pecado (Romanos 14:23).

Notas:

Extraído do devocional BOA SEMENTE