A Ferrovia da Graça

01-02-2011 18:29

"A vereda dos justos é uma estrada real" (Provérbios 15:19).

Quando as estradas de ferro começaram a surgir, foi perguntado ao Czar da Rússia como gostaria que fosse construída a estrada que  ligaria Moscou até São Petersburgo. O governante falou: "Deixe-me ver o mapa." Trouxeram-no para ele. "Passe-me aquela régua." Esta foi-lhe entregue. Traçando com a régua uma linha reta de cidade a cidade, ele disse: "É assim que eu quero que a estrada de ferro seja construída. E assim ela foi feita.

Deus planejou nossa vida diretamente para seu trono. Sabemos que Jesus, o Agrimensor,esquadrinhou a nossa alma e penetrou no lugar mais sombrio e mais profundo em que nosencontrávamos. Ele limpou toda a área, aplainou a estrada e preparou o terreno para que o caminho até a presença do Pai fosse repleto de paz e felicidade.

Esta viagem é agradável e cheia de atrativos. Enquanto viajamos pela ferrovia de Deus temos a oportunidade de experimentar momentos de grande prazer e regozijo. Podemos visitar o vagão da oração, conversar com o Grande Condutor, sentir o toque de Suas mãos sobre nossos cabelos e a certeza de Sua proteção em todos os momentos. Podemos seguir adiante e entrar no vagão da Palavra para um momento de fortalecimento e edificação. No vagão mais amplo ouviremos relatos e experiências que encherão nossos corações de júbilo e ainda poderemos compartilhar as maravilhas e milagres que modificaram nossos dias desde que embarcamos na ferrovia da graça do Senhor. Um dia eu me senti perdido, desnorteado, sem saber para onde ir. Pensava que o bom emprego que tinha e o excelente salário seriam suficientes para me fazerem feliz. Estava
enganado. Tinha muita coisa e ao mesmo tempo não tinha nada.
Cristo me encontrou, olhou para mim e sorriu como a dizer:
"Eu estou aqui para ajudá-lo." Com as poucas forças que me restavam eu clamei: "Senhor, salva-me!" Ele construiu uma ferrovia ligando meu coração até Deus e traçou, em graça, todo o caminho.Você já embarcou no trem da bênção de Deus? Já está , desde a vida aqui neste mundo, seguindo com alegria rumo à salvação eterna?

Paulo Roberto Barbosa