J

 

Forma poética do nome Javé (v. SENHOR).

JABES-GILEADE

Cidade que ficava a leste do rio Jordão, na tribo de Manassés (Jz 21.8-15). Seus habitantes enterraram os restos mortais de Saul e de Jônatas (1Sm 31.1-13).

JABIM [Inteligente]

1) Rei de Hazor, que Josué derrotou e matou (Js 11).

2) Outro rei de Hazor, que Baraque derrotou (Jz 4).

JABOQUE [Aquele que Corre]

Rio que fica a leste do Jordão e nele desemboca. Era a fronteira entre os reinos de Seom e Ogue (Gn 32.22; Nm 21.24).

JACINTO

Pedra semipreciosa, geralmente alaranjada (Êx 28.19; Ap 9.17).

JACÓ [Enganador]

1) Filho de Isaque e Rebeca e irmão gêmeo de Esaú (Gn 25.21-26). A Esaú cabia o direito de PRIMOGENITURA por haver nascido primeiro, mas Jacó comprou esse direito por um cozido (Gn 25.29-34). Jacó enganou Isaque para que este o abençoasse (Gn 27.1-41). Ao fugir de Esaú, Jacó teve a visão da escada que tocava o céu (Gn 27.42—28.22). Casou-se com Léia e Raquel, as duas filhas de Labão (Gn 29.1-30). Foi pai de 12 filhos e uma filha. Em Peniel lutou com o Anjo do Senhor, tendo recebido nessa ocasião o nome de ISRAEL (Gn 32). Para fugir da fome, foi morar no Egito, onde morreu (Gn 42—46; 49).

2) Nome do povo de Israel (Nm 24.5).

3) Pai de José, o marido de Maria (Mt 1.15-16).

JACTÂNCIA

Orgulho (Is 16.6; Rm 3.27).

JACTAR

Orgulhar (Tg 4.16, RA).

JAEL [Cabra dos Montes]

Esposa de Héber. Ela matou Sísera fincando uma estaca na sua fronte (Jz 4.17-23).

JAFÉ [Beleza ? Deus Aumenta ?]

Filho de Noé (Gn 5.32; 9.20-27). Foi pai de sete filhos, que foram morar em ilhas (Gn 10.2-5).

JAFO

V. JOPE (Js 19.46, RC).

JAIR [Javé Ilumina]

JUIZ 2, (Jz 10.3-5).

JAIRO [Javé Ilumina]

Chefe de uma sinagoga, cuja filha Jesus ressuscitou (Mc 5.21-43).

JAMBRES [Adversário]

MAGO 1, egípcio que, com outro mago (JANES), foi contra Moisés (2Tm 3.8).

JANES [Javé É Bondoso ?]

Companheiro de JAMBRES (2Tm 3.8).

JANGADA

Tipo de embarcação que consta de toras amarradas umas às outras (1Rs 5.9).

JAQUIM [Ele Estabelece]

Nome de uma das colunas do Templo (1Rs 7.21).

JARMUQUE

Afluente do rio Jordão na sua margem esquerda, logo abaixo do lago da Galiléia. Não é mencionado na Bíblia.

JARRETAR

Aleijar (Js 11.6).

JASOM [Cura]

Cristão que abrigou Paulo e Silas em Tessalônica (At 17.5-9).

JASPE

Pedra semipreciosa de várias cores, geralmente marrom ou vermelha, mas também amarela, verde ou branca (Êx 28.20; Ap 21.11).

JAULA

Caixa com grades para levar animais (Ez 19.9, RA).

JAVÃ

1) Quarto filho de Jafé (Gn 10.2).

2) Nome que os hebreus davam à GRÉCIA (Is 66.19; Ez 27.13,19).

JAVALI

Espécie de porco selvagem (Sl 80.13).

JAVÉ

V. SENHOR (hebraico יהוה, YHVH).

JAZER

1) Estar estendido no chão ou na cama (Gn 4.7; Mt 8.6).

2) Estar morto (Gn 47.30).

3) Permanecer (Mt 4.16, RA).

4) Cidade que ficava na região de Gileade, na tribo de Gade (Nm 21.32).

JAZIGO

Sepultura (2Rs 23.30, RA).

JEBUS [Pisada]

Nome de Jerusalém no tempo dos jebuseus (Js 18.28).

JEBUSEU

1) Descendente de CANAÃ 1, (Gn 10.16).

2) Morador de JEBUS (2Sm 5.6).

JEDIDIAS [Amado por Javé]

Outro nome de SALOMÃO (2Sm 12.25).

JEDUTUM [Louvor]

1) Levita que Davi pôs como chefe dos músicos do TABERNÁCULO (1Cr 25.1-3).

2) Provavelmente o nome de uma melodia (Sl 39, 62 e 77, título; NTLH, para confissão).

JEFTÉ [Adversário]

JUIZ 2, (Jz 10.6—12.7).

JEGAR-SAADUTA

V. GALEEDE (Gn 31.47).

JEIRA

Medida de área provavelmente igual a 2.750 m² (um quarteirão quadrado com 50 m de lado). É equivalente à área que uma JUNTA 2, de bois pode arar em um dia (1Sm 14.14).

JEJUM

Prática de não se alimentar por certo tempo (1Rs 21.9). Como prática religiosa, é voluntário, exige pureza de vida (Is 58.3-7) e exclui a exibição (Mt 6.16-18). Em duas passagens no NT relata-se que a liderança da Igreja, seguindo o costume judaico, orou com jejum (At 13.2-3; 14.23).

JEMIMA [Pomba]

Filha de Jó (Jó 42.14).

JEOACAZ [Javé Prendeu]

1) Décimo primeiro rei de Israel, que reinou 17 anos (814-798 a.C.) depois de Jeú, seu pai (2Rs 13.1-9).

2) O outro nome de ACAZIAS 2, (2Cr 21.17).

JEOAQUIM [Javé Firma]

Décimo oitavo rei de Judá, filho de Josias. Reinou 11 anos (609-598 a.C.), em lugar de JOACAZ. O faraó Neco mudou o seu nome de Eliaquim para Jeoaquim (2Rs 23.34—24.5). Jeoaquim queimou o rolo que continha uma mensagem de Jeremias (Jr 36).

JEOÁS [Javé Sustenta]

Décimo segundo rei de Israel, que reinou 16 anos (798-783 a.C.) depois de Jeoacaz, seu pai (2Rs 13.9-19; 14.8-16).

JEORÃO [Javé É Alto]

Quinto rei de Judá, que reinou 8 anos (848-841 a.C.) depois de Josafá, seu pai (1Rs 22.51). Andou no caminho da idolatria, levado pela sua mulher, filha de Acabe (2Rs 8.16-24). Por isso teve morte horrível (2Cr 21).

JEOVÁ

V. SENHOR (hebraico יהוה, YHVH; Is 12.2, RC).

JEREMIAS [Javé É Elevado]

Profeta nascido em família de sacerdotes, da cidade de Anatote. Foi chamado ao ministério profético através de uma visão (1.4-10). Profetizou durante 40 anos, nos reinados dos cinco últimos reis de Judá (627 a 587 a.C.). As autoridades não recebiam bem as suas mensagens. Jeremias foi rejeitado, perseguido e preso. Alguns episódios de sua vida estão narrados no seu livro (caps. 26, 28, 32, 35—43). Nabucodonosor cuidou dele depois da destruição de Jerusalém (39.11-12). Foi forçado a ir para o Egito (43.6-7) e lá, em adiantada velhice, morreu. V. JEREMIAS, LIVRO DE e LAMENTAÇÕES, LIVRO DE.

JEREMIAS, CARTA DE

V. JEREMIAS, EPÍSTOLA DE.

JEREMIAS, EPÍSTOLA DE

Acréscimo APÓCRIFO ao livro de BARUQUE (cap. 6). É PSEUDEPIGRÁFICO, e nele se condena a idolatria.

JEREMIAS, LIVRO DE

Livro que contém as mensagens do profeta JEREMIAS. Ele anunciou o castigo que Deus ia mandar e ainda estava vivo quando as suas profecias se cumpriram (cap. 52). Mas Jeremias disse que um dia os israelitas iriam voltar para a sua terra e que seriam de novo uma nação. Ele falou também de um tempo em que Deus faria uma nova ALIANÇA com o seu povo. Essa aliança seria cumprida de livre e espontânea vontade, pois a lei de Deus estaria gravada no coração das pessoas (31.31-34).

JERICÓ

Cidade situada nove km a oeste do rio Jordão e 11 km ao norte do mar Morto. Fica a 240 m abaixo do nível do mar. É provavelmente a cidade mais antiga do mundo. Josué a destruiu (Js 6) e Hiel a reedificou (1Rs 16.34). Em Jericó Jesus curou Bartimeu (Mc 10.46-52) e outros dois cegos (Mt 20.29-34), e ali se deu a conversão de Zaqueu (Lc 19.1-10)


 

JEROBOÃO I [Ampliador]

Primeiro rei de Israel após a divisão do reino. Reinou 22 anos (931-910 a.C.) sobre as dez tribos que constituíram o reino de ISRAEL 3. Em Dã e em Betel mandou construir altares para a adoração do bezerro de ouro (1Rs 11.28—14.20).

JEROBOÃO II

Décimo terceiro rei de Israel, que reinou 41 anos (783-743 a.C.) depois de Jeoás, seu pai. No seu tempo houve muito progresso, mas o povo continuou na corrupção e na idolatria. Na guerra Jeroboão II foi feliz (2Rs 14.23-29).

JERUBAAL [Que Baal Se Defenda]

Outro nome de GIDEÃO (Jz 6.32).

JERUSALÉM [Lugar de Paz]

Cidade situada a uns 50 km do mar Mediterrâneo e a 22 km do mar Morto, a uma altitude de 765 m. O vale do Cedrom fica a leste dela, e o vale de Hinom, a oeste e ao sul. A leste do vale de Cedrom está o Getsêmani e o monte das Oliveiras. Davi tornou Jerusalém a capital do reino unido (2Sm 5.6-10). Salomão construiu nela o Templo e um palácio. Quando o reino se dividiu, Jerusalém continuou como capital do reino do Sul. Em 587 a.C. a cidade e o Templo foram destruídos por Nabucodonosor (2Rs 25.1-26). Zorobabel, Neemias e Esdras reconstruíram as muralhas e o Templo, que depois foram mais uma vez destruídos. Depois um novo Templo foi construído por Herodes, o Grande. Tito, general romano, destruiu a cidade e o Templo em 70 d.C. O nome primitivo da cidade era JEBUS. Na Bíblia é também chamada de Salém (Gn 14.18), cidade de Davi (1Rs 2.10), Sião (1Rs 8.1), cidade de Deus (Sl 46.4) e cidade do grande Rei (Sl 48.2). V. os mapas JERUSALÉM NO AT e JERUSALÉM NOS TEMPOS DE JESUS.

JESSÉ [Javé Existe]

Filho de Obede, neto de Boaz e Rute, e pai de Davi (Rt 4.18-22).

JESUA [Javé É Salvação]

Sumo sacerdote que voltou do CATIVEIRO com Zorobabel (Ed 3.2). É chamado de Josué em Ag 1.1 e Zc 3.1.

JESUS CRISTO

Deus tornado ser humano (Jo 1.14) para salvar as pessoas (1Jo 4.14). “Jesus” quer dizer “Javé é Salvador”; é a forma grega de “Josué” (Mt 1.21). “Cristo” quer dizer “Ungido”; é o mesmo que o termo hebraico MESSIAS (At 17.3; v. UNGIR). Alguns outros títulos de Jesus: EMANUEL (Mt 1.23); FILHO DE DAVI (Lc 20.41); FILHO DE DEUS (Jo 1.34); FILHO DO HOMEM (Mt 25.31); SENHOR (At 2.36); VERBO (Jo 1.1; NTLH, Palavra); SERVO (Fp 2.7; v. SERVO DO SENHOR); CORDEIRO de Deus (Jo 1.29); SUMO SACERDOTE (Hb 7.26—8.6); MEDIADOR (1Tm 2.5). Jesus Cristo é a segunda pessoa da TRINDADE. Através dele o universo foi criado e é mantido em existência (Jo 1.3; Cl 1.16-17). Ele é o ANJO do Senhor que aparece no AT (Gn 18). Esvaziou-se da sua glória e se humilhou, tomando a forma de ser humano (Fp 2.6-11). O seu ministério terreno durou mais ou menos 3 anos e meio. Jesus ensinou a verdade de Deus por preceitos e por PARÁBOLAS. Ele fez MILAGRES, curando enfermos e endemoninhados, fazendo sempre o bem. Foi rejeitado pela maioria do povo e pelas autoridades, sendo submetido à morte de cruz. Foi sepultado, mas ressuscitou ao terceiro dia. Depois subiu ao céu, onde está para interceder pelos seus (Hb 7.25). E o salvo está unido com Cristo, que vive nele pelo seu Espírito (Rm 8.9-11; Gl 2.20; 4.6; Fp 1.19). Na sua segunda vinda Jesus Cristo julgará os vivos e os mortos (2Tm 4.1).

JÉTER [Superior]

Filho de Gideão (Jz 8.20).

JETRITA

ITRITA (2Sm 23.38, RC).

JETRO [Superior]

Sacerdote em MIDIÃ, sogro e conselheiro de Moisés (Êx 3.1; 18.1-27). É chamado também de Reuel (Êx 2.18) e de Hobabe (Nm 10.29; Jz 4.11).

JEÚ [Ele É Javé]

Décimo rei de Israel, que reinou 28 anos (841-814 a.C). Matou Jorão e reinou no lugar dele. Matou adoradores de BAAL e também Jezabel e Acazias, rei de Judá, e os descendentes de Acabe (2Rs 9 e 10).

JEUDI [Judeu]

Mensageiro que levou as profecias de Jeremias ao rei Jeoaquim e as leu para ele e para as autoridades (Jr 36.21-23).

JEZABEL [Sem Marido ? Sem Nobreza ?]

Filha de Etbaal, rei de SIDOM. Acabe se casou com ela e dela teve um filho chamado Jorão (1Rs 16.31; 2Rs 3.1; 9.22). Promoveu o culto a BAAL, matou os profetas de Javé e obrigou Elias a fugir (1Rs 18.4—19.18). Tomou a vinha de NABOTE para Acabe (1Rs 21). Foi morta 11 anos depois por ordem de Jeú, e os cães comeram a sua carne (2Rs 9). Em Ap 2.20 Jezabel é o símbolo de alguém que leva as pessoas a adorarem deuses pagãos.

JEZREEL

1) Cidade que ficava no território de ISSACAR 2, entre Megido e Bete-Seã, perto do monte Gilboa (1Rs 4.12; 21.23; 2Rs 9.30-35).

2) Vale que ficava perto dessa cidade (Os 1.5).

Personagem central do livro de Jó. V. JÓ, LIVRO DE.

JÓ, LIVRO DE

Um dos livros de SABEDORIA do AT. Trata do sofrimento humano. Nele conta-se a história de Jó, um homem bom, fiel a Deus, rico e feliz, que de repente perde os filhos, todos os bens e ainda é atacado por uma doença dolorosa e nojenta. Seus amigos, em diálogos poéticos, procuram achar explicação para tanta desgraça, considerando o sofrimento como resultado do pecado. Para eles, Deus sempre recompensa os bons e castiga os maus. Mas Jó reage contra essa explicação, chegando até a desafiar a Deus. Deus não responde às perguntas de Jó, mas fala do seu próprio poder e sabedoria, levando Jó a humilhar-se diante dele. Mesmo assim, fica provado que os seus amigos estavam errados e que Jó estava certo. Em conclusão, Deus repreende os amigos de Jó por não haverem entendido a razão do seu sofrimento e por terem defendido idéias erradas a respeito de Deus. A Jó, porém, Deus recompensa, devolvendo-lhe em dobro tudo o que antes possuía, pois ele, mesmo com a sua impaciência, as suas reclamações e os seus protestos, conservou a fé num Deus que é justo. Ele reconheceu que os seres humanos não podem compreender tudo, nem explicar bem a razão por que às vezes os justos sofrem.

JOABE [Javé É Pai]

Filho de Zeruia, meia-irmã de Davi (2Sm 2.18). Foi comandante do exército de Davi (1Cr 11.4-9) e conseguiu muitas vitórias (2Sm 10; 12.26). Tramou o assassinato de Urias (2Sm 11) e matou Absalão (2Sm 18.9-15). Quando Davi já era velho, Joabe aliou-se com Adonias e foi morto por ordem de Salomão (1Rs 1.1—2.34).

JOACAZ

Décimo sétimo rei de Judá, filho e sucessor de Josias. Foi mau, e após três meses de reinado, foi levado, em 609 a.C., pelo faraó Neco para o Egito, onde morreu (2Rs 23.30-34). V. SALUM 2.

JOÃO

1) O Batista: V. JOÃO BATISTA.

2) Pai do apóstolo Pedro (Jo 1.42; 21.15-17, RA; RC, Jonas).

3) O evangelista e apóstolo: V. JOÃO, APÓSTOLO.

4) João Marcos: V. MARCOS, JOÃO.

JOÃO, APÓSTOLO

Filho de Zebedeu e de Salomé. Ele e seu irmão Tiago eram pescadores (Mt 4.21). João Batista o apresentou a Jesus (Jo 1.35-39), que o chamou para ser apóstolo (Mc 1.19-20). Era do grupo mais íntimo de Jesus (Mc 5.37; Mt 17.1; 26.37). Ele e Tiago são chamados de BOANERGES. João é provavelmente o discípulo amado (Jo 13.23). Foi ele o único discípulo que permaneceu perto da cruz (Jo 19.26-27) e o primeiro a crer na ressurreição de Cristo (Jo 20.1-10). Após o Pentecostes, trabalhou inicialmente com Pedro (At 3.1—4.22; 8.14-17; Gl 2.9). A tradição diz que João viveu em Éfeso até uma idade bem avançada. É considerado o autor do Evangelho de João, das três epístolas que levam o seu nome e do Apocalipse.

JOÃO BATISTA

O profeta que preparou a vinda de Jesus. Era filho de Zacarias e Isabel (Lc 1.5-25,57-80). Iniciou e desenvolveu o seu ministério na região do rio Jordão (Lc 3.1-3). Pregou o batismo de arrependimento (Lc 3.4-14) e a vinda do Reino dos céus (Mt 3.1-12). João batizou Jesus (Mt 3.13-17) e testemunhou a respeito dele (Jo 1.15-34). Por ordem de Herodes Antipas, foi preso e morto (Mc 6.14-29). Jesus o elogiou (Mt 11.7-14). Seu batismo continuou sendo praticado por algum tempo (At 18.25).

JOÃO, EVANGELHO DE

O quarto livro a respeito da vida e dos ensinos de Jesus, provavelmente escrito pelo apóstolo João. Neste Evangelho Jesus é apresentado como a Palavra de Deus, que existiu desde a eternidade com Deus e que se tornou um ser humano, a fim de revelar o amor e a verdade de Deus. O autor diz que o propósito deste Evangelho é fazer com que os leitores creiam que Jesus é o Messias, o Filho de Deus, e que, por meio desta fé, tenham vida (20.31). O livro conta vários milagres que Jesus fez. Esses milagres são sinais que mostram quem é Jesus e por que motivo ele veio ao mundo. O livro ainda enfatiza a ligação que existe entre Jesus e os seus seguidores e, assim, destaca os ensinamentos que ele lhes deu e a promessa de que, depois que ele fosse embora, viria o Espírito Santo para ensinar-lhes toda a verdade (14.16-17,26; 15.26; 16.7-14).

JOÃO, PRIMEIRA EPÍSTOLA DE

Carta escrita para prevenir os seus leitores contra falsos mestres e aconselhá-los a permanecerem firmes na fé e no amor. Os falsos mestres eram seguidores do GNOSTICISMO, que ensinava que Jesus Cristo não se tornou um ser humano realmente, mas tinha somente a aparência de homem (2.22-23; 4.1-3; 5.6-9). Essa falsa doutrina, diz o autor, vem do espírito do ANTICRISTO. A carta foi escrita no final do primeiro século d.C., e desde logo as três cartas que levam o nome de João foram atribuídas ao autor do Evangelho de João.

JOÃO, SEGUNDA EPÍSTOLA DE

Pequena carta escrita por um PRESBÍTERO (v. JOÃO, PRIMEIRA EPÍSTOLA DE) e dirigida “à senhora eleita”, que alguns pensam ser uma mulher piedosa, enquanto outros a consideram uma igreja. Ele pede aos leitores que amem uns aos outros e que tomem cuidado com certas doutrinas falsas que estão sendo espalhadas pelo mundo.

JOÃO, TERCEIRA EPÍSTOLA DE

Carta escrita pelo mesmo PRESBÍTERO que escreveu a segunda epístola, e enviada a Gaio, dirigente de uma igreja. O autor elogia Gaio por dar testemunho da verdade e dar abrigo a irmãos perseguidos. Ele condena um certo Diótrefes e dá bom testemunho a respeito de Demétrio.

JOAQUIM [Javé Estabelece]

Décimo nono rei de Judá, que reinou três meses em 598 a.C., depois de Jeoaquim, seu pai. Foi um mau rei, sendo levado preso para a Babilônia (2Rs 24.6-17) e libertado mais tarde (2Rs 25.27-30). Joaquim também era chamado de Conias (Jr 37.1, RA) e Jeconias (Jr 22.24,28).

JOÁS [Javé Deu ? Javé Sustenta ?]

Oitavo rei de Judá, que reinou 40 anos (835-796 a.C.). Tornou-se rei por iniciativa do sumo sacerdote Joiada, após ter sido salvo de Atalia pela tia Jeoseba, esposa de Joiada (2Rs 11). Sob a orientação de Joiada, Joás restaurou a religião de Javé; mas, depois da morte do sacerdote, Joás se desviou de Javé. Por isso foi derrotado pelos sírios e depois foi morto pelos seus próprios servos (2Cr 24.17-26).

 

JODE

V. ALFABETO HEBRAICO 10.

JOEIRAR

O mesmo que PADEJAR (Pv 20.26, RA).

JOEL [Javé É Deus]

O autor do livro profético que leva seu nome (v. JOEL, LIVRO DE).

JOEL, LIVRO DE

Segundo livro dos Profetas Menores (v. LIVROS PROFÉTICOS DO AT), que contém mensagens do profeta Joel para o povo de Judá. O ponto de partida da mensagem do profeta é a terrível praga de gafanhotos e a seca que arrasaram a terra de Judá. Para o profeta, essas desgraças são sinais do DIA DO SENHOR, no qual Deus julgará todas as nações e castigará os pecadores. O profeta apela para que o povo se arrependa e volte para Deus, que assim o abençoará e lhe dará de novo tudo o que os gafanhotos e a seca destruíram. Mais uma vez o povo será próspero e feliz, e em Jerusalém Javé habitará com eles. A promessa de que Deus enviaria o Espírito sobre todo o seu povo (2.28-32) é citada por Pedro no dia de PENTECOSTES (At 2.17-21).

JÓIA

Objeto de prata, ouro ou pedras preciosas, com o qual as mulheres se enfeitavam. As jóias eram usadas em grande número, sendo às vezes motivo de reprovação (Gn 24.22; Êx 3.22, RA; 32.2; Is 3.16-24; Ez 16.11-17; 1Tm 2.9). Entre as jóias mencionadas na Bíblia estão amuletos, braceletes, pulseiras, correntes, anéis, argolas, pendentes, sinetes, colares e diademas.

JOIADA [Javé Conhece]

Sumo sacerdote no tempo de Atalia e JOÁS (2Rs 11—12; 2Cr 24.1-16).

JOIO

Erva ruim que cresce nas plantações de trigo (Mt 13.25).

JONADABE [Javé É Generoso]

1) Sobrinho de Davi e primo de Amnom, a quem deu o conselho de possuir Tamar, sua meia-irmã (2Sm 13).

2) Líder dos RECABITAS (Jr 35), amigo de Jeú, a quem ajudou a acabar com o culto a Baal em Samaria (2Rs 10.15,23).

JONAS [Pomba]

1) Profeta de Israel, filho de Amitai, natural de Gate-Hefer, que predisse a vitória de Jeroboão II sobre a Síria (2Rs 14.23-25). É o autor do livro que leva seu nome (Jn 1.1; v. JONAS, LIVRO DE).

2) Pai de Simão Pedro (Jo 1.42, RC).

JONAS, LIVRO DE

Quinto livro dos Profetas Menores (v. LIVROS PROFÉTICOS DO AT), escrito para demonstrar que o amor de Deus não se limita a Israel, mas se estende a pessoas de outras nações (4.11). Não é profecia no sentido restrito, mas é uma história com sentido profético (Mt 12.39-41).

JÔNATAS [Javé Deu]

1) Sacerdote DANITA (Jz 18.30).

2) Filho mais velho de Saul, que derrotou os filisteus (1Sm 13 e 14). Foi amigo de Davi (1Sm 18.1-4), defendendo-o do ódio de Saul (1Sm 19.1-7). Foi morto com Saul no monte Gilboa (1Sm 31) e lamentado por Davi no Hino do Arco (2Sm 1.17-27).

JONATE-ELÉM-RECOQUIM

Título do Sl 56, RC; RA, melodia da canção “A Pomba nos Terebintos Distantes”; NTLH, “A Pomba Calada em Terra Distante”.

JOPE

Antigo porto marítimo cercado de muralhas, localizado 56 km a noroeste de Jerusalém em território filisteu, mas que pertencia à tribo de Dã (Js 19.46, RA; RC, Jafo). Simão Pedro desenvolveu atividade missionária ali (At 9—11).

JOQUEBEDE [Javé É Glória]

Mãe de Moisés, Arão e Miriã (Nm 26.59).

JORÃO [Javé É Alto]

Nono rei de Israel, que reinou 12 anos (852 a 841 a.C.) depois de Acabe, seu pai. Junto com os reis de Judá e Edom ele derrotou os moabitas (2Rs 3). Foi ele, sem dúvida, o rei que Naamã foi procurar (2Rs 5). Foi morto por Jeú, que jogou seu corpo na vinha de Nabote (2Rs 9.14-26).

JORDÂNICO

Relativo à região do rio JORDÃO (Jr 49.19, RA).

JORDÃO

Rio principal da Palestina, que nasce no monte Hermom, atravessa os lagos Hulé e da Galiléia e desemboca no mar Morto. O Jordão faz muitas curvas, estendendo-se por mais de 200 km numa distância de 112 km, entre o lago da Galiléia e o mar Morto. O rio tem a profundidade de um a três m e a largura média de 30 m. Na maior parte de seu curso, o rio encontra-se abaixo do nível do mar, chegando a 390 m abaixo deste nível ao desembocar no mar Morto. O povo de Israel atravessou o rio a seco (Js 3); João Batista batizava nele, e ali Jesus foi batizado (Mt 3.6,13).

JORNADA

Viagem ou caminhada (Gn 13.3; 2Co 11.26).

JORNADA DE UM DIA

Medida de distância, que variava entre 30 a 40 km (Gn 31.23).

JORNADA DE UM SÁBADO

Medida de quase um km (888 m ou 2.000 CÔVADOS), distância máxima que um judeu podia andar num sábado (At 1.12).

JORNALEIRO

Empregado diarista, ou seja, que era pago por dia de trabalho (Jó 7.2).

JOSAFÁ [Javé Julga]

1) Quarto rei de Judá, que reinou de 870 a 848 a.C., depois de Asa, seu pai. Mandou ensinar ao povo a Lei do SENHOR (2Cr 17—20).

2) Vale em que Deus julgará todas as nações no DIA DO SENHOR (Jl 3.2,12).

JOSÉ [Deus Aumenta ? Ele Acrescenta ?]

1) Filho de Jacó e Raquel (Gn 30.22-24). Foi vendido ao Egito pelos irmãos (Gn 37), onde, após uma série de dificuldades, tornou-se ministro de Faraó (Gn 39—41). Salvou os próprios irmãos e seu pai da fome, trazendo-os para Gósen, no Egito (Gn 42—47). Morreu com 110 anos, e seus ossos foram levados a Siquém (Js 24.32).

2) Marido de Maria, mãe de Jesus, e descendente de Davi (Mt 1.16—2.23). Era carpinteiro (Mt 13.55).

3) Homem rico de Arimatéia, membro do SINÉDRIO e discípulo de Jesus. Ele cedeu seu túmulo para o sepultamento de Jesus (Mt 27.57-60).

JOSIAS [Javé Cura]

Décimo sexto rei de Judá, que reinou 31 anos (640-609 a.C.) depois de Amom, seu pai (2Rs 21.26). Promoveu uma reforma religiosa, baseada no Livro da Lei (2Rs 22—23). Foi morto na batalha travada com o FARAÓ Neco, em Megido (2Rs 23.28-30).

JOSUÉ [Javé É Salvação]

1) Auxiliar e, depois, sucessor de Moisés (Êx 17.8-13; Dt 31.1-8). Josué comandou a travessia do rio Jordão (Js 3) e tomou Jericó (Js 6). Conquistou a terra de Canaã e a dividiu entre as tribos de Israel (Js 8—21). Após abençoar o povo e renovar a ALIANÇA com Deus, Josué morreu com a idade de 110 anos (Js 24). V. JOSUÉ, LIVRO DE.

2) V. JESUA.

JOSUÉ, LIVRO DE

Sexto livro da Bíblia, um dos LIVROS HISTÓRICOS DO AT. O livro narra a conquista da terra de CANAÃ pelo povo de Israel e a sua divisão entre as tribos sob o comando de Josué, concluindo com a ocupação da terra e a morte de Josué. O livro foi escrito para mostrar que Deus cumpriu a promessa feita aos PATRIARCAS de que daria CANAÃ 2, aos seus descendentes (Gn 15.18-21; Js 1.2).

JOTA

Nome usado no NT grego para indicar o JODE, que é a menor letra do alfabeto hebraico (Mt 5.18, RC).

JOTÃO [Javé É Justo]

1) Filho de Gideão, que condenou os habitantes de Siquém quando estes proclamaram a Abimeleque como seu rei (Jz 9).

2) Décimo primeiro rei de Judá, que reinou de 740 a 736 a.C., depois de seu pai Uzias. Os 16 anos de reinado mencionados em 2Rs 15.33 incluem o tempo em que Jotão foi regente (2Rs 15.5). Em seu tempo viveram os profetas Isaías (Is 1.1), Oséias (Os 1.1) e Miquéias (Mq 1.1).

JUBILAR

Alegrar-se muito (Ed 3.11).

JUBILEU

V. ANO DO JUBILEU.

JUDÁ

1) Quarto filho de Jacó e Lia (Gn 29.35). Aparece como líder entre os irmãos (Gn 37.26-27; 43.3-10; 44.16-34). Casou com mulher cananéia (Gn 38.1-11) e foi pai de gêmeos com Tamar, sua nora (Gn 38.12-30). Recebeu de Jacó a bênção do CETRO (Gn 49.8-12). Foi antepassado de Davi (Rt 4.12,18-22) e de Cristo (Mt 1.3).

2) Uma das 12 TRIBOS do povo de Israel, formada pelos descendentes de JUDÁ 1. Na divisão da terra, essa tribo recebeu a maior parte do sul da Palestina (Js 15.1-12,20-63).

3) Reino localizado no sul da Palestina. Foi formado quando as dez tribos do Norte se revoltaram contra Roboão e formaram o Reino de Israel sob o comando de Jeroboão I, em 931 a.C. (1Rs 12; v. o mapa OS REINOS DE ISRAEL E DE JUDÁ). Durou até 587 a.C., quando Jerusalém, sua capital, foi tomada e arrasada pelos babilônios, e o povo foi levado ao CATIVEIRO (1Rs 12—22; 2Rs; 2Cr 11—36).

4) Nome usado em Esdras (5.8; 9.9), Neemias (2.7) e Ageu (1.1,14; 2.2) a fim de indicar a PROVÍNCIA para onde os judeus voltaram depois do CATIVEIRO (v. JUDÉIA).

JUDAÍSMO

Sistema religioso praticado pelos judeus (Gl 1.13-14). Seus ensinamentos procedem do AT, de tradições orais antigas e do TALMUDE. O conjunto de seus ensinamentos e práticas começou a formar-se no período do CATIVEIRO, desenvolvendo-se completamente no PERÍODO INTERTESTAMENTÁRIO.

JUDAIZANTE

Judeu-cristão que insistia que para alguém ser salvo era necessário também guardar as leis básicas do JUDAÍSMO, principalmente a CIRCUNCISÃO. O termo “judaizante” não aparece no NT, mas a atividade deles é mencionada em vários lugares, como, por exemplo, em Atos 15.

JUDAS

1) Iscariotes, escolhido por Jesus para ser apóstolo (Mt 10.4), sendo o tesoureiro do grupo (Jo 12.6). Traiu a Jesus (Mt 26.47-49) e, depois, enforcou-se (Mt 27.3-5; At 1.16-19).

2) Irmão de Jesus (Mt 13.55) e provável autor da carta que leva seu nome (v. JUDAS, EPÍSTOLA DE).

3) Apóstolo, filho de Tiago, também chamado de Tadeu (Mt 10.3; Lc 6.16).

4) Cristão de Damasco, em cuja casa Paulo se hospedou, após sua conversão (At 9.11).

5) Cristão que se destacou na igreja de Jerusalém, também chamado de Barsabás (At 15.22-32).

6) O Galileu, um revolucionário (At 5.37).

7) Macabeu, chefe da revolta dos macabeus (v. MACABEUS).

JUDAS, EPÍSTOLA DE

Breve carta escrita por Judas, o “irmão de Tiago” (Jd 1), sendo ambos provavelmente irmãos de Jesus. Foi dirigida a uma igreja ou grupo de igrejas, que estavam sendo vítimas dos ensinamentos de falsos mestres (Jd 4). O autor repreende o comportamento imoral desses perturbadores e aconselha os leitores a se manterem firmes na fé. Essa epístola é um dos livros ANTILEGÔMENA e é muito semelhante a 2Pedro.

JUDÉIA

PROVÍNCIA para onde os judeus voltaram depois do CATIVEIRO. A maioria dos que voltaram era da tribo de Judá, e por isso o território que ocuparam passou a ser chamado de Judéia. No tempo de Cristo, o termo se referia à parte sul das três regiões em que a província romana da Palestina era dividida. As outras duas eram Galiléia e Samaria. A Judéia fazia parte do proconsulado romano da Síria e era governada por um procurador. Media quase 90 km de norte a sul e, aproximadamente, a mesma distância de leste a oeste. Estendia-se do mar Morto ao mar Mediterrâneo e da altura de Jope até o extremo sul do mar Morto. Mesmo assim, até nessa época, o nome Judéia às vezes indicava toda a Palestina (Lc 1.5; 4.44; 7.17; At 10.37).

JUDEU

1) Morador da JUDÉIA. Os israelitas que voltaram do CATIVEIRO para a província da Judéia e os seus descendentes passaram a ser chamados de judeus porque a maioria deles era da tribo de Judá (Ed 4.12; Ne 1.2).

2) No NT o termo também é usado para aqueles que seguiam o JUDAÍSMO e que, às vezes, atacavam a fé cristã, chegando a perseguir os cristãos (Mt 28.15; Jo 1.19; 3.25; At 14.19).

JUDICIOSO

Que é sensato e julga com acerto (Sl 49.3, RA).

JUDITE [Judia]

Livro APÓCRIFO, em que fatos se misturam com fantasias. O seu objetivo é dar coragem aos judeus, cujo país estava para ser invadido por inimigos. Judite, uma viúva dedicada a Deus, mata Holofernes, comandante do exército assírio, e assim salva o povo judeu.

JUGO

1) Peça de madeira que se prende com correias ao pescoço de animais de carga, para que assim possam puxar uma carroça ou um arado (Nm 19.2; 1Sm 6.7).

2) Em sentido figurado: domínio, opressão (Gn 27.40; Jr 28.2; Gl 5.1); sofrimento (Lm 3.27); obediência (Mt 11.29-30); aliança (2Co 6.14); trabalho (Fp 4.3).

JUIZ

1) Pessoa que tem o poder de julgar causas, dando sentenças (Êx 18.13-26; Sl 82).

2) Líder militar, libertador e governador das tribos do povo de Israel. Desde a morte de Josué até a escolha de Saul como rei, o povo de Israel foi governado por estes juízes: OTNIEL, EÚDE, SANGAR, DÉBORA, BARAQUE, GIDEÃO, ABIMELEQUE, TOLA, JAIR, JEFTÉ, IBSÃ, ELOM, ABDOM, SANSÃO, ELI e SAMUEL.

JUÍZES, LIVRO DE

Sétimo livro da Bíblia, um dos LIVROS HISTÓRICOS DO AT. Narra a história de Israel desde a morte de Josué até o tempo de Samuel, período em que o povo de Israel era governado por juízes (v. JUIZ 2).

JUÍZO

1) Ato de Deus baseado em sua JUSTIÇA, pelo qual ele condena ou absolve as pessoas (Sl 97.2).

2) Sentença dada por Deus (Jr 48.47).

3) A palavra de Deus, suas leis e suas promessas (Sl 119.39).

4) Na expressão “juízo final” ou outras semelhantes, o tempo em que Deus, ou o MESSIAS, julgará todas as pessoas, condenando os maus e salvando os JUSTOS (Sl 1.5; Mt 10.15; At 24.25).

5) Julgamento feito de acordo com a vontade de Deus, no dia-a-dia e nos tribunais (Sl 72.1; Pv 21.3).

6) O próprio tribunal (Sl 112.5).

7) Boa saúde mental (Mc 5.15; 2Co 5.13).

JULGAMENTO

1) Ato de julgar uma pessoa ou uma questão (Mt 5.21; Jo 5.22).

2) A sentença do julgamento (Sl 82.1; Rm 5.16).

JULGAR

1) Decidir como juiz, dando sentença de condenação ou de absolvição (Êx 18.13; Dt 1.16).

2) Castigar (Sl 110.6).

3) Censurar; condenar (Mt 7.1; Jo 12.47; Rm 14.3).

4) Salvar; defender (Sl 35.24).

5) Supor; imaginar; pensar (Lc 7.43; At 8.20, RA).

JUMENTO

Animal mamífero de quatro patas, pêlo duro e coloração variada, também chamado de asno, burro, jegue. É facilmente domesticável e utilizado como animal para montar, puxar carroça e levar cargas (Dt 22.10; Zc 9.9).

JUMENTO MONTÊS

Animal semelhante ao JUMENTO, mas selvagem e indomável. É mais veloz do que o cavalo e prefere viver nos montes (Jó 39.5-8).

JUNCO

Espécie de planta direita, fina e longa que cresce em lugares úmidos e dentro da água (Jó 8.11). As suas folhas são usadas para fazer cestos e esteiras.

JUNTA

1) Ponto de ligação entre os membros do corpo ou entre partes de um instrumento (Gn 32.25; 2Cr 18.33), também chamado de articulação.

2) Par ou parelha de animais que puxam um arado ou uma carroça (Dt 22.10; Lc 14.19).

JUNTURA

ARTICULAÇÃO (Gn 32.25, RC).

JÚPITER

O deus supremo dos romanos, correspondente ao Zeus grego (At 14.12).

JURAMENTO

1) Ato de fazer uma afirmação ou promessa solene, em que se toma por testemunha uma coisa que se tem por sagrada (Mt 5.33-37).

2) A própria afirmação ou promessa assim feita (Gn 24.8). Deus jura por si mesmo porque não há outro ser maior do que ele (Gn 22.16).

JURISDIÇÃO

Área territorial dentro da qual uma autoridade exerce o seu poder (Lc 23.7).

JURO

Lucro ou rendimento, calculado sobre determinada taxa, de dinheiro emprestado ou de capital empregado (Mt 25.27). Ao israelita não era permitido cobrar juros de outro israelita, apenas de estrangeiros (Dt 23.20).

JUSTIÇA

1) Atributo pelo qual, ao tratar com as pessoas, Deus age de acordo com as normas e exigências da perfeição de sua própria natureza (Sl 119.142). Por isso Deus castiga tanto os incrédulos (Dt 33.21; Sl 96.13) como o seu próprio povo (Sl 50.5-7; Is 28.17) e, com imparcialidade, socorre os necessitados (Dt 10.17-18; Sl 72.2).

2) Ato pelo qual Deus, em sua graça e em conformidade com a sua ALIANÇA, selada com o sofrimento, morte e ressurreição de Cristo, perdoa as pessoas fracas, perdidas e sem justiça própria, aceitando-as através da fé (Rm 3.21-26; 1Co 1.30; 2Co 5.21).

3) Qualidade que leva os cristãos a agirem corretamente, de acordo com os mandamentos de Deus (Mq 6.8; Rm 6.13,19; Ef 5.9; 1Pe 2.24; v. JUÍZO 5, e RETIDÃO).

JUSTIÇAR

Punir alguém com a morte (At 12.19).

JUSTIFICAÇÃO

1) Segundo alguns BIBLISTAS, o ato judicial de Deus por meio do qual ele, pela sua graça, perdoa os seres humanos de sua culpa. V. JUSTIÇA 2. A base para esse perdão é que Jesus cumpriu a Lei em lugar dos seres humanos e sofreu o castigo pelos pecados deles (Rm 5.12-21). As pessoas são justificadas através da fé (Rm 3.21-25,28; 5.1), que Deus lhes dá pela ação do ESPÍRITO SANTO.

2) Segundo outros biblistas, justificação é o ato pelo qual Deus, como Rei, Senhor e Salvador, aceita e põe em relação correta consigo a pessoa que faz com ele uma ALIANÇA, a qual é baseada na fé em Cristo. A justificação é originada e mantida pelo Espírito Santo (v. JUSTIÇA 2, e Rm 1.17; 3.24 e 4.25 na NTLH).

JUSTO

1) Certo; legítimo (peso: Lv 19.16; causa: Sl 17.1).

2) A pessoa que, numa causa judicial, tem razão (Dt 25.1).

3) No sentido religioso judeu, aquele que pratica a Lei e as cerimônias judaicas (Mc 2.17).

4) A pessoa que está corretamente relacionada com Deus pela fé (Rm 1.17) e, por isso, procura nos seus pensamentos, motivos e ações obedecer àquilo que Deus, em sua Palavra, estabelece como modelo de vida (Rm 4.3; v. JUSTIÇA 2, e 3).

5) A pessoa que está de acordo com a justiça de Deus (Sl 145.17; v. JUSTIÇA 1).