B

 

BAAL [Dono; Senhor; Marido]

O principal deus da fertilidade em Canaã. O culto a Baal foi uma das piores tentações dos israelitas, desde os tempos antigos (Jz 2.13; 1Rs 16.31-32). Havia várias formas de Baal, que eram encontradas em diversas cidades, como se pode ver nos três verbetes seguintes. “Baalins” é o plural de “Baal” (Jz 2.11). Sua companheira era Aserá (v. POSTE-ÍDOLO).

BAAL-BERITE [Senhor da Aliança]

BAAL adorado em Siquém (Jz 8.33).

BAAL-PEOR [Senhor da Abertura]

BAAL dos moabitas, adorado no monte Peor (Nm 25.1-5; pronuncia-se Peôr).

BAAL-ZEBUBE [Senhor das Moscas]

BAAL dos filisteus, adorado na cidade de Ecrom (2Rs 1.2-16; v. BELZEBU).

BAASA [Ousadia]

Terceiro rei de Israel, que reinou 24 anos (909-886 a.C.), em lugar de Nadabe. Acabou com os descendentes de Jeroboão e lutou contra Asa, rei de Judá (1Rs 15.16—16.5).

BABEL [Portão de Deus]

V. BABILÔNIA (Gn 10.10; 11.9).

BABILÔNIA

1) Nome de uma região e de sua capital (Gn 10.10, NTLH; 2Rs 20.12). A cidade foi construída na margem esquerda do rio Eufrates, onde agora existe o Iraque. Gn 11.1-9 conta como a construção de uma torre ali não foi terminada porque Deus confundiu a língua falada pelos seus construtores.

2) Provavelmente Roma (1Pe 5.13; Ap 14.8; 16.19; 17.5).

BABUJAR

Pregar adulando ou bajulando (Mq 2.6, RA).

BAÇO

Sem brilho (Lv 13.6, RA).

BAGAGEM

1) Objetos, armas, animais e alimentos carregados por um exército em marcha (1Sm 10.22).

2) Objetos que uma pessoa leva consigo por ocasião de viagem ou mudança (Ez 12.3-16, RA).

BAGO

Cada uma das uvas de um cacho (Lv 19.10).

BAÍA

Grande quantidade de água cercada de terra e com saída estreita para o mar (Js 15.2).

BAILA

Discussão; lembrança (Pv 17.9, RA).

BAINHA

Estojo usado para cobrir a lâmina de faca ou espada (2Sm 20.8; Jo 18.11).

BAIO

Castanho ou amarelo torrado (Zc 1.8, RA).

BAIXEIRO

Manta que se coloca no lombo do cavalo por baixo da sela (Ez 27.20, RA).

BAJULAÇÃO

Puxa-saquismo; adulação (1Ts 2.5, RA).

BALAÃO [Senhor do Povo ? Devorador ?]

Profeta da cidade de Petor, na MESOPOTÂMIA. Ele abençoou o povo de Israel, mas depois o levou ao pecado (Nm 22.5—24.25; 31.8,16; 2Pe 2.15; Jd 11).

BALAQUE [Esgotado ? Devastador ?]

Rei de Moabe que contratou Balaão para que amaldiçoasse os israelitas (Nm 22—24).

BALAÚSTRE

Pequena coluna que junto com outras iguais sustenta um corrimão ou peitoril (1Rs 10.12).

BALDAQUINO

Armação forrada e com franjas, sustentada por colunas, que fica acima de um altar ou trono (Ez 41.25, RA).

BALEIA

Grande mamífero do mar. Pode ter até 30 metros. A palavra “baleia” também pode ser traduzida por “grande animal marinho”, “monstro do mar” ou “grande peixe” (RC: Gn 1.21; Jó 7.12; Mt 12.40).

BALIDO

Berro de ovelha ou de cordeiro (1Sm 15.14).

BÁLSAMO

Líquido grosso e cheiroso tirado de plantas para ser usado na cura de feridas (Jr 51.8).

BALUARTE

1) Fortaleza (Ez 21.22).

2) Apoio; firmeza (RA: Sl 18.2; 1Tm 3.15).

BANDA

1) Lado (Gn 2.8).

2) Margem (Nm 21.13, RC).

BANDO

Grupo (Gn 32.7).

BANIR

Afastar; eliminar (Jó 3.7).

BANQUEIRO

Pessoa que recebia depósito de dinheiro, pagando juros. Esse dinheiro era emprestado a juros mais altos ou empregado em negócios (Mt 25.27). Nos tempos antigos as pessoas enterravam o dinheiro (Js 7.21) ou davam a um vizinho para guardar (Êx 22.7).

BANQUETE

Refeição solene em que tomam parte muitos convidados (Gn 19.3; Lc 5.29). Havia banquetes em várias ocasiões, como, por exemplo, quando se celebravam casamentos, na ocasião de desmamar o herdeiro, nas reuniões de despedida, no tempo da TOSQUIA, etc. Cantores e dançarinos muitas vezes estavam presentes.

BARAQUE [Relâmpago]

JUIZ 2, a quem Débora entregou o comando das forças israelitas. Baraque derrotou Sísera (Jz 4.5-6).

BARBA

Cabelo do rosto do homem. Entre os SEMITAS a barba crescida era sinal de dignidade. Os israelitas arrancavam cabelos da barba ou a rapavam em sinal de tristeza (Ed 9.3; Jr 41.5).

BÁRBARO

Pessoa que não falava GREGO ou que não tinha a cultura dos gregos e dos romanos (At 28.2; Cl 3.11).

BARBATANA

Pedaço mais ou menos duro de pele que peixes e outros animais aquáticos movimentam para nadar (Lv 11.9).

BARGANHA

Troca de mercadorias (Jó 20.18).

BARJESUS [Filho de Jesus]

Mágico judeu da CORTE de Sérgio Paulo. Era também conhecido como Elimas (At 13.6-12).

BARJONAS [Filho de Jonas ou de João]

Sobrenome de Simão Pedro (Mt 16.17).

BARNABÉ [Aquele que Dá Coragem]

Sobrenome de José, LEVITA rico, natural da ilha de Chipre e convertido ao cristianismo (At 4.36; 9.27). Foi companheiro de Paulo em sua primeira viagem missionária (At 11.22-26; caps. 13—15). Paulo se refere várias vezes a ele (1Co 9.6; Gl 2.1,9,13; Cl 4.10).

BARRABÁS [Filho de um Pai]

Preso que Pilatos soltou quando julgava Jesus (Mt 27.26).

BARRACAS, FESTA DAS

V. TABERNÁCULOS, FESTA DOS.

BARSABÁS [Filho de Saba]

Apelido de José (At 1.23) e de Judas (At 15.22).

BARTIMEU [Filho de Timeu]

Cego curado por Jesus (Mc 10.46).

BARTOLOMEU [Filho de Tolmai]

Um dos 12 APÓSTOLOS. Nada se sabe dele. Alguns pensam que seja Natanael (Mt 10.3; Jo 1.45).

BARUQUE [Bendito]

1) Secretário de Jeremias (Jr 32; 36; 43; 45).

2) Livro APÓCRIFO, atribuído pelo seu autor a Baruque). Tem uma introdução histórica, seguida de confissão, de elogio à sabedoria e de consolo à vista da futura reconstrução de Jerusalém. O cap. 6 é a Epístola de Jeremias. V. JEREMIAS, EPÍSTOLA DE.

BARZILAI [Feito de Ferro]

Um amigo de Davi (2Sm 19.31-39).

BASÃ [Terra Fértil]

Vasta planície situada a leste do rio Jordão, célebre pelo seu gado (Sl 22.12), ovelhas (Dt 32.14) e carvalhos (Is 2.13).

BASILISCO

Cobra venenosa que vive em tocas (Is 11.8).

BASTARDO

Filho de pais que não são casados. Os bastardos e seus descendentes, até a décima geração, não faziam parte do povo de Deus (Dt 23.2).

BATEL

Pequeno barco (At 27.30, RC).

BATE-SEBA [Filha de um Juramento]

Mulher de Urias, o heteu. O rei Davi pecou com ela e, depois da morte de Urias, casou-se com ela. Foi a mãe de Salomão (2Sm 11.3; 1Rs 1—2).

BATISMO

Cerimônia em que se usa água e por meio da qual uma pessoa se torna membro de uma igreja cristã. O batismo é sinal de arrependimento e perdão (At 2.38) e união com Cristo (Gl 3.26-27), tanto em sua morte como em sua ressurreição (Rm 6.3-5).

BATISTA [Aquele que Batiza]

Apelido dado a João, o profeta que veio preparar o povo para receber o MESSIAS (Lc 9.19).

BATO

Medida de capacidade para líquidos, igual a um pouco menos de 21 litros (20,82 l) (Is 5.10). É 1/10 do CORO. Outros entendem que o bato tinha entre 30 e 40 litros. No NT só aparece em Lc 16.6, onde “bato” é traduzido por “medida” (RC) e por “cado” (RA).

BDÉLIO

Uma resina transparente, macia e cheirosa (Gn 2.12).

BEATITUDE

BEM-AVENTURANÇA.

BEBEDICE

Bebedeira (Rm 13.13, RA).

BEBERAGEM

Bebida; suco (Nm 6.3).

BEBIDA FORTE

Bebida alcoólica resultante de fermentação e que pode embriagar. A bebida mencionada em Is 5.22 era feita de cevada, misturada com ESPECIARIAS. A bebida destilada (tipo pinga, rum, etc.), de elevado teor alcoólico, não era conhecida nos tempos bíblicos.

BECA

Medida de peso igual a 5,7 gramas (Êx 38.26). É a metade do SICLO.

BEEMOTE [Animal Selvagem]

Alguns entendem tratar-se de um monstro lendário (NTLH); outros pensam que se trata do hipopótamo (Jó 40.15-24, RA).

BEER-LAAI-ROI [O Poço Daquele que Vive e Me Vê]

Poço perto do qual Agar teve uma experiência pessoal com Deus (Gn 16.14).

BEIJO

Ato de tocar com os lábios em alguém ou alguma coisa. Era sinal de amor (Ct 1.2). O beijo no rosto era um modo de saudar usado no Oriente desde os tempos dos PATRIARCAS, entre pessoas do mesmo sexo e, em ocasiões especiais, entre pessoas de sexo diferente. Pais e mães beijavam os filhos; os filhos beijavam os pais; irmãos, entre si; amigos e companheiros, entre si. Os antigos cristãos se saudavam com o beijo de irmão (Rm 16.16; 1Pe 5.14).

BEL [Senhor]

Deus da Babilônia, também chamado de Marduque ou MERODAQUE (Is 46.1; Jr 50.2; 51.44). Equivale ao cananeu BAAL.

BEL E O DRAGÃO

Acréscimo APÓCRIFO ao livro de Daniel (cap. 14). São duas histórias escritas para zombar dos deuses falsos. Na primeira, Daniel desmascara os sacerdotes de BEL, provando que esse deus não comia os alimentos que eram trazidos para ele. Na outra, Daniel mata um dragão que era adorado como deus. Daniel é jogado numa cova de leões, da qual é retirado são e salvo.

BELÉM [Casa de Pão]

1) Cidade de Judá, também chamada de Efrata, situada cerca de oito km a sudoeste de Jerusalém. Davi e Jesus nasceram ali (1Sm 17.12; Lc 2.4-7).

2) Cidade do território de Zebulom, a noroeste de Nazaré (Js 19.15).

BELIAL [Sem Valor ? Imprudente ?]

1) Pessoa má, sem valor (Jz 19.22; 1Sm 30.22).

2) Diabo (2Co 6.15, RC).

BELIDA

Mancha esbranquiçada no olho (Lv 21.20).

BEL-PRAZER

Vontade própria (1Rs 12.33, RA).

BELSAZAR [Bel Proteja o Rei ?]

Filho de Nabonido e neto de Nabucodonosor. Foi o último rei do novo Império Babilônico. Deus o achou em falta, e logo depois os persas conquistaram Babilônia e o mataram (Dn 5.1-30).

BELTESSAZAR [Bel Proteja Sua Vida ?]

Nome que o mordomo de Nabucodonosor deu a Daniel (Dn 1.7).

BELZEBU [Senhor das Moscas]

Nome do príncipe dos demônios, que é o próprio Satanás (Mt 12.24). Parece derivar-se de BAAL-ZEBUBE.

BEM-AVENTURADO

Feliz (Sl 1.1; Mt 5.3).

BEM-AVENTURANÇA

Qualquer uma das nove declarações, no SERMÃO DO MONTE, que começa com a palavra BEM-AVENTURADOS (Mt 5.3-12).

BEN

Palavra hebraica que quer dizer “filho” (Gn 19.38).

BEN-AMI

V. AMOM (Gn 19.38).

BÊNÇÃO

1) Pedido feito a Deus para que faça o bem a alguma pessoa (Gn 27.4, 27-29).

2) O próprio bem concedido por Deus (Pv 10.22).

BENDITO

1) Abençoado (Gn 12.3; Is 19.25).

2) Feliz (Jz 5.24; Lc 13.35).

BENEDICTUS

V. CÂNTICOS DO ADVENTO 3.

BENEFICÊNCIA

1) Bondade (Gn 47.29).

2) Atos de bondade (Ne 13.14).

BENEFÍCIO

FAVOR 2; GRAÇA 7, (Sl 103.2; At 4.9).

BENEPLÁCITO

Prazer (Ef 1.5,9).

BENEVOLÊNCIA

Boa vontade para com alguém (Et 2.17; Pv 18.22).

BEN-HADADE

1) Título dos governadores da Síria, que as pessoas acreditavam serem descendentes de Hadade, deus sírio.

2) Nome de três reis que governaram em Damasco: Ben-Hadade I (1Rs 15.18); Ben-Hadade II (1Rs 20.1-34); Ben-Hadade III (2Rs 13.3).

BENIGNIDADE

Bondade; misericórdia (Sl 26.3; Gl 5.22).

BENJAMIM [Filho da Mão Direita]

1) Filho mais novo de JACÓ (Gn 35.18).

2) Tribo dos descendentes de BENJAMIM 1, (Js 21.17).

BENONI [Filho da Minha Tristeza]

Nome dado, ao morrer, por Raquel ao filho que Jacó chamou de BENJAMIM (Gn 35.18).

BENQUISTO

Querido (1Sm 18.5, RA).

BERÉIA

Cidade da Macedônia onde Paulo fundou uma igreja em sua segunda viagem missionária (At 17.10-14; 20.4).

BERENICE [Vitoriosa]

Filha mais velha de Herodes Agripa I. Viveu uma vida bastante irregular e foi amante de Vespasiano e de Tito, imperadores romanos (At 25.13—26.30).

BERILO

Pedra semipreciosa, verde ou verde-azulada (Ap 21.20).

BERSEBA [Poço das Sete]

Nome de um poço que Abraão cavou no deserto e onde ele e ABIMELEQUE 1, fizeram um acordo de amizade. Como sinal desse trato, Abraão deu a Abimeleque sete cordeiras; daí o nome do lugar (Gn 21.22-34).

BESTA

1) Animal de quatro patas, de grande porte; animal de carga (Is 46.1).

2) Em sentido figurado, um monstro que representa a força bruta, a imoralidade e a oposição a Deus (Is 30.6, RA; Ap 13).

BESTA-FERA

Animal feroz (Os 2.12).

BESTEIRO

Soldado que atirava com besta (pronuncia-se bésta), arma com que se atiravam pedras ou flechas (Pv 26.10, RC).

BESUNTAR

Lambuzar (Jó 13.4, RA).

BETÂNIA

Povoado situado a três km de Jerusalém. Maria, Marta e Lázaro moravam lá (Jo 11.18). Ali se deu a ascensão de Jesus (Lc 24.50).

BETE

V. ALFABETO HEBRAICO 2.

BETE-ÁVEN

Cidade do território de Benjamim. Ficava à beira do deserto (Js 18.12), perto de Ai (Js 7.2).

BETE-HOROM

Duas cidades gêmeas que ficavam no território de Efraim; uma, em lugar alto, e a outra, em lugar baixo (Js 16.3-5). Numa delas moravam os LEVITAS da família de Coate (Js 21.22).

BETEL [Casa de Deus]

1) Cidade cujo nome anterior era Luz e que ficava a mais ou menos 20 km ao norte de Jerusalém (Gn 28.19). Em Betel foi construído o templo do Reino do Norte (1Rs 12.26-33).

2) Cidade do Sul de Judá (1Sm 30.27), chamada de Betul em Js 19.4 e de Betuel em 1Cr 4.30.

BETE-PEOR [Casa de Peor]

Um dos últimos locais de acampamento de Israel (Dt 3.29; 4.46), onde Moisés foi sepultado (Dt 34.6; v. PEOR).

BETESDA [Casa da Misericórdia]

Fonte de água que havia em Jerusalém e que era rodeada por cinco ALPENDRES. Acreditava-se que a água dessa fonte podia curar (Jo 5.1-16).

BETE-SEÃ

Cidade que ficava no vale do rio Jordão, 22 km ao sul do lago da Galiléia (1Sm 31.10).

BETE-SEMES

Povoado de Judá, que ficava perto da divisa com os filisteus (1Sm 6.12). Era uma cidade de LEVITAS (Js 21.16).

BETEZATA

V. BETESDA (Jo 5.2, NTLH).

BETFAGÉ

Povoado que ficava a noroeste de Betânia (Mc 11.1).

BETSAIDA [Casa da Pesca]

Cidade, também chamada de Betsaida Júlia, que ficava à margem nordeste do lago da Galiléia. Ali nasceram Pedro, André e Filipe (Jo 1.44). Essa cidade foi condenada por Jesus (Mt 11.21). Ali ele alimentou mais de 5000 pessoas (Lc 9.10-17) e curou um cego (Mc 8.22-26).

BETUEL [Habitação de Deus]

Filho de Naor e Milca, sobrinho de Abraão e pai de Rebeca e Labão (Gn 22.22; 24.15).

BETUME

Massa escura usada, entre outras coisas, para tapar fendas (Êx 2.3).

BEULÁ

Palavra hebraica que quer dizer “casada” (Is 62.4, RC).

BEZALEL [Protegido por Deus]

Artesão a quem o Espírito de Deus deu capacidade para trabalhar com metais, madeira e pedras preciosas na construção do TABERNÁCULO (Êx 31.1-5).

BEZERRO

Boi ainda novo, cuja carne era usada como alimento e também nos SACRIFÍCIOS (Lv 9.2; Hb 9.12,19).

BÍBLIA

A coleção de escritos considerados pela Igreja cristã como inspirados por Deus. O termo “Bíblia” é de origem grega e quer dizer “livrinhos”. A Bíblia tem 66 livros e se divide em duas partes: ANTIGO TESTAMENTO (39 livros) e NOVO TESTAMENTO (27 livros). O AT foi escrito em HEBRAICO, com exceção de alguns trechos escritos em ARAMAICO. O NT foi escrito em GREGO.

BIBLISTA

Especialista em assuntos bíblicos.

BICHO

Traça (Is 51.8).

BIGAMIA

Casamento com dois cônjuges (1Sm 1.2). V. MONOGAMIA e POLIGAMIA.

BIGORNA

Peça de ferro sobre a qual se batem metais para amoldá-los (Is 41.7, RA).

BILA [Sensível,Modesta]

Serva de Raquel. Ela foi dada como CONCUBINA a Jacó, tornando-se mãe de Dã e Naftali (Gn 30.1-8).

BILDADE

Um dos amigos de Jó (Jó 8; 18; 25).

BILHA

Vaso de barro de gargalo estreito; moringa (1Sm 26.11).

BISPO

Dirigente da igreja cristã. Os bispos se dedicavam ao ensino da doutrina e à pregação do evangelho. A palavra grega epíscopos, que é traduzida por “bispo”, quer dizer supervisor ou superintendente. Nos tempos apostólicos, o bispo cuidava de uma igreja local e era também chamado de PRESBÍTERO (At 20.17-28; 1Tm 3.1-7; Tt 1.5-9; v. ANCIÃO). Só mais tarde os bispos se tornaram responsáveis por um grupo de igrejas de determinada região.

BITÍNIA

PROVÍNCIA romana que ficava ao norte da ÁSIA. O Espírito Santo proibiu Paulo de pregar lá (At 16.6-10), mas no século I já havia cristãos nessa região (1Pe 1.1).

BIZARRAMENTE

Com elegância (Ez 38.4, RC).

BLASFEMAR

Dizer palavras ofensivas, isto é, blasfêmias, contra Deus, Jesus Cristo, o Espírito Santo, ou contra qualquer coisa sagrada (Ap 16.11). Também está blasfemando quem diz ter direitos ou poderes que pertencem somente a Deus (Mt 9.3).

BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO SANTO

O pecado que não tem perdão. É a recusa de aceitar como divino o poder que Jesus tinha de curar. Em outras palavras, é a incredulidade (Mt 12.31; Mc 3.29).

BOANERGES [Filhos do Trovão]

Nome que Jesus deu a Tiago e a João por causa do seu temperamento violento (Mc 3.17).

BOA-NOVA

Boa notícia (Is 61.1; Hb 4.2). V. EVANGELHO.

BOAZ [Força;Firmeza]

Lavrador natural de Belém, descendente de Judá. Foi um dos antepassados de reis israelitas (Mt 1.5) e, finalmente, de Jesus Cristo. Casou-se com Rute, a moabita (Rt 4.1-13).

BODAS

Festa de casamento (Jz 14.12; Mt 22.2; pronuncia-se bôdas).

BODE EMISSÁRIO

V. BODE EXPIATÓRIO (Lv 16.8).

BODE EXPIATÓRIO

Nome dado ao bode que era tocado para o deserto durante a cerimônia do DIA DO PERDÃO. Ele era o sinal visível de que os pecados do povo tinham sido esquecidos e perdoados (Lv 16.5-28).

BOFETADA

Tapa no rosto (Jo 19.3).

BOI SELVAGEM

Boi grande e bravo, notável pelos seus chifres (Nm 23.22, RA; RC, unicórnio).

BOIEIRO

Guardador ou condutor de bois (Am 7.14).

BOJO

Saliência arredondada (1Rs 7.20).

BOLORENTO

Com bolor ou mofo (Js 9.5).

BOLOTA

ALFARROBA (Lc 15.16, RC).

BOLSA

Objeto usado para guardar dinheiro (Lc 10.4; Jo 12.6). Era presa ao cinto.

BOM

V. RETIDÃO 1, (Sl 125.4; Mt 5.45).

BONANÇA

Bom tempo no mar; calma, sossego (Sl 107.30; Mc 4.39).

BORDÃO

Pau grosso de arrimo; cajado (Is 36.6; Hb 11.21).

BORDEJAR

Navegar, mudando várias vezes de rumo (At 28.13, RA).

BORDO

Cada um dos dois lados do navio. A bordo: dentro da embarcação (At 20.14, RA; pronuncia-se bórdo).

BORLA

FRANJA (Nm 15.38, RA).

BORRA

A parte sólida que, depois de ter estado em suspensão num líquido, se deposita (Sf 1.12, RA; pronuncia-se bôrra).

BORRACHEIRA

Bebedeira (1Pe 4.3).

BORRALHO

Brasas cobertas de cinzas (Gn 18.6, RA; Pv 26.21, RC).

BORRIFAR

Espalhar um líquido em forma de gotas (Is 52.15, RC).

BOSQUE

1) FLORESTA (Dt 19.5).

2) POSTE-ÍDOLO (1Rs 16.33, RC).

BOTIJA

Vaso de barro de gargalo estreito e com uma asa, destinado a usos domésticos (Jr 19.1).

BOXE

Luta em que dois adversários trocam murros (1Co 9.26). V. ESPORTE.

BRAÇA

Medida de comprimento provavelmente equivalente a 1,80 m ou 4 CÔVADOS (At 27.28).

BRACELETE

Pulseira usada por pessoas de ambos os sexos no pulso e no braço. Às vezes era sinal de nobreza (Êx 35.22).

BRADAR

Gritar; clamar (Is 40.2).

BRAMAR

Rugir; fazer grande estrondo (Is 17.12).

BRAMIR

BRAMAR (Jr 31.35).

BRANDIR

Erguer a arma antes de atacar (1Cr 11.11; Ez 32.10).

BRANDO

Suave; meigo (Sl 55.21).

BRASEIRO

Vasilha de bronze, ouro ou prata que servia para levar fogo (1Rs 7.50).

BRASUME

Ardor (Jr 12.13, RA).

BRAVIO

Muito agitado; tempestuoso (Jd 13, RA).

BRECHA

Fenda; rachadura (Ez 22.30).

BRENHA

Matagal; mata fechada (Sl 29.9, RC; Is 10.34, RA).

BROCHA

Correia de couro colocada no pescoço do boi pela parte de baixo da canga (RA: Jr 27.2; 30.8; v. JUGO).

BRONZE

Liga de cobre com outros metais, especialmente o estanho (Sl 107.16).

BRONZE, BACIA DE

Grande pia em que os sacerdotes lavavam as mãos e os pés (Êx 30.17-21, RA; RC, pia de cobre). V. MAR DE FUNDIÇÃO.

BRONZE, MAR DE

V. MAR DE FUNDIÇÃO (1Cr 18.8, RA).

BROQUEL

Escudo redondo e pequeno (Ct 4.4).

BRUNIDO

Lustrado (Is 18.2, RA).

BRUTAL

Tolo (Sl 92.6, RC).

BRUTO

ESTÚPIDO (Pv 12.1, RC; 2Pe 2.12, RA).

BÚFALO

Espécie de boi de pouco pêlo e chifres achatados (Sl 22.21, RA).

BUFÃO

Fanfarrão, que pretende ser valente (Sl 35.16, RA).

BUFO

1) Sopro forte de ar, com as bochechas cheias (Is 25.4, RA).

2) Espécie de coruja (Is 34.11).

BUGIO

Espécie de macaco (1Rs 10.22).

BUL [Deus da Chuva]

V. CALENDÁRIO 8.

BURIL

Instrumento usado para fazer gravação em metal (Êx 32.4).

BUXO

Espécie de cedro parecido com o cipreste (Is 60.13).

BUZINA

TROMBETA (Êx 19.16, RC).